Orixá Exu é sempre o primeiro a ser cultuado

Segundo a mitologia, Exu é um companheiro das pessoas. Está nas ruas, nas festas, nas confusões, nas diversões, nos caminhos. É o primeiro a ser cultuado e receber oferendas. É ele o propiciador das ações. Este Portão de Exu, imagem do fotógrafo André Vilaron, celebra o espaço sagrado deste orixá e promove a metáfora da passagem. Como um hostess, ele permite o trânsito, o fluxo e também protege a entrada das casas. Aguarde os vídeos integrais dos debates realizados em 14/10 em Brasília,  28/10 em São Paulo, 11/11 no Rio de Janeiro e 18/11 em Salvador, para saber mais sobre a fotografia no universo mítico-ritual dos terreiros.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.